Lei de Responsabilidade obriga Estado a demitir.

 

Não é segredo para ninguém que o estado do Rio de Janeiro, depois de várias administrações desastrosas, está vivendo um caos financeiro.

Os irresponsáveis administradores do governo do Estado incharam a máquina nos chamados tempos de bonança, não tendo a percepção de que royalties do petróleo oscilam de acordo com o mercado internacional, não contando também com o assalto e a destruição que os integrantes do PT nos governos Lula e Dilma causaram à Petrobras.

Agora a bomba estourou nas mãos do Pezão e seu vice.

Não aguentando a barra pesada o governador Pezão ficou doente, e o vice, Dornelles, está mais perdido do que cego em tiroteio. Então, só apelando para a LRF e demitindo pessoal.

Já se sabe que a partir do próximo mês serão realizados cortes de, no mínimo, 20% nas despesas com cargos em comissão e funções de confiança, pois já se sabe que naquele mês o Estado terá 90% de sua receita comprometida com a folha, e a Lei de Responsabilidade Fiscal prevê um teto de 60% de gastos com funcionários, seja com cargos em comissão ou mesmo funcionários efetivos. Portanto, vem mais desemprego por aí.

Agradeçam, pois, aos irresponsáveis que vêm, ao longo do tempo, administrando o Estado do Rio de Janeiro, e aos 13 anos de governo petista em nosso país.

Nunca o voto custou tão caro aos eleitores.

Please reload