CPI na Câmara sob forças ocultas

13/05/2016

Segundo o site, a Comissão Parlamentar de Inquérito instalada na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro está sendo "acompanhada" de perto pela tropa de choque do Prefeito Eduardo Paes.

Ninguém menos que o presidente da casa (Jorge Felippe, que também é o pai da ex-esposa do Rodrigo Bethlem, aquela do imbróglio com a pensão), impõe sua constrangedora presença às reuniões da Comissão.

Outra presença constante é do ex-vereador Luis Antônio Guaraná, que foi chefe de gabinete do prefeito em sua primeira gestão, e hoje é Conselheiro do Tribunal de Contas do Município, indicado pelo alcaide.

Em seu benefício, esperemos que esteja buscando ou oferecendo subsídios aos parlamentares.

Se a CPI não for para investigar e esclarecer, é melhor que não seja para achacar empreiteiros, como deixou claro a Operação Lava Jato, através das delações premiadas de Delcídio Amaral e Gim Argelo.

Melhor ficarmos de olhos abertos.

Please reload