Se meu Cunha falasse

Desculpem o transtorno no trânsito de Brasília pro Rio, mas Itamar fez escola, e novamente um Fusca será parido da efetivação de um vice. 
Empurrado pelas costas por um motor de 450 cavalos, mala Vuitton na frente, ele nem parece mais o trator da Jesus.com.
Entretanto, se o meu Fusca for desviado ou conduzido até a rodovia Régis-Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, sugestivamente apelidada de estrada da morte, esta jornalista informa que voltará ao batente para organizar o manual do proprietário. Ou melhor, do usufrutuário.
Como todos sabem, estou de olhos bem abertos. Portanto, não há de ser uma África a compilação do veículo que não deixará ninguém a pé, nem mesmo aquele que as viúvas petistas desejam fora. 
Como é do conhecimento dos mais informados, o fusca era refrigerado a ar. E Cunha também o será, exatamente pela atmosfera carregada que paira sobre o inverno paranaense.

Please reload