La Vue en Rose

Rose tinha o seu valor, Geddel. Em matéria de tráfico de influência e advocacia administrativa, a primeira dama dos ares sobrava. Se a primeira-outra voava alto com seus instrumentos, também nadava de braçada no lamacento terreno aquaviário. Portanto, uma vez chamada à responsa, ela sabia agir por cima e por baixo, mas jamais subiria ao alto de 30 andares virtuais para uma performance que pudesse demonstrar tamanho amadorismo. Se a perseguida foi atingida em pleno voo, o foi por outros motivos, alimentados por ciúmes domésticos e administrativos. 

Lá de cima, nas alturas do poder do seu espaço aéreo ou no então sólido gabinete presidencial na Paulista, afivelada a uma poltrona na janelinha do prédio do Banco do Brasil, pilotava as indicações ao comandante. Com máscaras de oxigênio, a eterna companhia de viagem no Aerolula fazia circular o ar rarefeito em tempos de céu de brigadeiro, com brevê para nomear na aviação civil. 

Abnegada e competente, doce com quem tinha de ser, de coco nas nuvens, agenciava para agências reguladoras. Se Geddel é um profissional do PMDB, quem seria o amador? Ou seria amante o encaixe perfeito para o sufixo? 

Em um prédio de 30 andares localizado em área tombada, para não haver trombadas ou trombas, tudo teria de começar pelas sólidas fundações, resistentes a terremotos políticos e deslizamentos históricos com danos ao patrimônio. Nada que o devido planejamento do organograma dos ramos decisórios não pudesse antever ainda na fase de anteprojeto, sem o desperdício de um único prego antes do martelo batido. Em vez do Farol da Barra, ruínas e escombros hão de nortear a turbulenta travessia do marinheiro baiano, tragado pelas águas turvas do Lago Paranoá. 

Já Rose, passaporte temporariamente recuperado, seria a pessoa indicada a embarcar para os funerais do líder cubano, na companhia de Lula e Zé Dirceu. Este, notório benfeitor de Cuba, merece o indulto de cunho humanitário necessário ao comparecimento à cerimônia no Porto de Mariel, onde as cinzas de El Comandante deverão ser espalhadas, com o intuito de incrementar a exportação ideológica.

Please reload