E as prisões continuam

15/12/2016

 

E a Polícia Federal continua não dando mole para a bandidagem de gravata. Na quinta fase da Operação Pecúlio a PF prendeu doze dos quinze vereadores de Foz do Iguaçu, cidade localizada no Oeste do Paraná. Dez vereadores foram presos preventivamente, quando não existe prazo definido para que os investigados deixem a prisão, e dois temporariamente. Na prisão temporária o prazo é de cinco dias, podendo ser prorrogado por mais cinco ou transformada em preventiva. Essa turma está presa por fraudes em licitações de prestação de serviços, realização de obras para a Prefeitura de Foz e desvios de recursos na Câmara Municipal.

Please reload