Animais Noturnos - 3,5/5

Todas as nossas trajetórias dependem de decisões que tomamos numa das encruzilhadas que esbarramos na vida. Essas decisões envolvem amores, profissões e muitas outras coisas que moldarão o enredo de nossas vidas, cobrando o justo preço por cada uma delas.

ANIMAIS NOTURNOS parte da idéia de espelhar uma vida real num personagem de ficção e vice versa.  Suzan  ( Amy Adams) tinha um namorado por quem foi apaixonada na juventude, mas acabou o deixando por aceitar os conselhos da mãe fútil (num pequeno papel da Laura Linney) que só pensa em sucesso e dinheiro. Já casada de acordo com o protocolo materno com um rico e indiferente empresário, recebe pelo Correio de presente, do antigo namorado (Jake Gyllenhall), o seu último livro, Animais Noturnos, surpreendentemente dedicado a ela. 

Suzan passa a ocupar seus momentos de tédio, quando não está ocupada com a galeria que administra, lendo e se envolvendo na trama, enxergando-se inteiramente na personagem que passa a sofrer barbaramente com uma sucessão de ataques de violência. Na verdade, o livro é um thriller em que parece clara a intenção do ex namorado ainda ressentido, mesmo depois de 19 anos, de causar na Suzan o mesmo horror que cai sobre a sua protagonista literária.

A vingança é um prato que se come frio, morno ou quente, com requintes diabólicos, como uma metáfora que faz penetrar nas entranhas. Mas é sutil, absorvida aos poucos, em conta gotas.

O filme lida bem com essa salada de camadas entre o que a personagem está vivendo e o que está acontecendo no livro. Talvez pudesse estruturar um pouco mais alguns personagens secundários assim como também pudesse evitar o desfile inicial das mulheres com obesidade mórbida dançando nuas num resultado mais para o patético do que para o ousado. 

Amy Adams está cada vez mais bonita e mais segura como atriz. Ela por si vale o ingresso. E Tom Ford, um estilista que resolver trilhar os caminhos do cinema, faz seu trabalho com o relativo brilho que já havia demonstrado em DIREITO DE AMAR.

Please reload