Semana santa

Está todo mundo dizendo que a páscoa acabou de passar. Passou voando, como os ovos consumidos ou lançados no messias em caravana pelo deserto de público no sul. Todavia, sem dúvida, era primeiro de abril.

Fato é que, para muitos fiéis retardados, a semana santa começa hoje.

Assim sendo, em homenagem aos apóstolos que pregam a seita petista para os beatos convertidos, é hora de transformar o perseguido em mártir.

Como muitos condenados já foram soltos por Toffoli, espécie monocrática de Pilatos de plantão, inclusive o idoso Barrabás, que volta pra mansão nos Jardins, pra cá do famoso espaço suspenso pertencente à Babilônia, a estratégia é outra.

Considerando que aqui a justiça divina costuma perder todas para o Supremo, a não ser no prazo dos julgamentos de políticos com prerrogativa de foro, onde o juízo final deverá ter precedência - vide o rumoroso caso da coelhinha de Renan - essa é a exceção que confirma a regra celestial.

A última instância, formada por deusas e deuses vitalícios do Olimpo jurídico, vomitando o habitual grego em latim, deverão desfilar doutos pareceres com vistas aos pedidos de vistas ao processo ou à liberdade do condenado, o que for mais revoltante para a população e vergonhoso para a corte.

Tags:

Please reload